Programa de formação de agricultores do Gana e da Nigéria

VoltarJun 15, 2015

Nestlé cria telenovela para combater colheitas contaminadas

Telenovela projetada nas ruas das vilas dos países do oeste africano foi a solução encontrada para sensibilizar os agricultores para o tema bem como para a necessidade de realizarem a formação em boas práticas agrícolas: o Nestlé Grains Quality Improvement.

• Oito anos após a implementação do programa que envolveu cerca de 50.000 agricultores, a Nestlé reduziu a percentagem de colheitas rejeitadas de 50% para apenas 2%.

• Para incentivar os agricultores a participar na formação, a Nestlé oferece um preço superior ao praticado no mercado aos agricultores que produzirem colheitas seguras e de qualidade.

Quando confrontada, em 2006, com as colheitas em mau estado e para assegurar que os grãos de cereais contaminados não entrariam na cadeia de produtos alimentares, a Nestlé viu-se forçada a importar o milho e outros grãos para colmatar as matérias-primas rejeitadas e garantir a continuidade da produção. As colheitas contaminadas foram retiradas dos mercados alimentares, prejudicando também os agricultores, que enfrentaram grandes perdas económicas.

Para inverter esta situação, a Nestlé e os seus parceiros no programa de formação Grains Quality Improvement – criado em parceria com os governos do Gana e da Nigéria e com o International Institute of Tropical Agriculture (IITA) com o objetivo de garantir a qualidade e segurança dos alimentos produzidos – apostaram numa iniciativa inovadora: promover serões noturnos de cinema nas vilas dos agricultores. O enredo da telenovela centra-se na história de duas famílias de agricultores – uma, em que o pai de família não aceita os conselhos da sua mulher e acaba por danificar a sua plantação, culminando na doença da família; outra, em que o agricultor acompanha a formação da Nestlé, acaba por ter uma plantação de qualidade e segura, capaz de ser comercializada.

No âmbito desta iniciativa, os agricultores foram ainda convidados a visitar as explorações bem geridas e as produtoras de milho de qualidade para que entendessem os benefícios das boas práticas agrícolas.

Oito anos após a implementação do programa, a Nestlé reduziu a percentagem de colheitas rejeitadas de 50% para apenas 2%. Para incentivar os cerca de 50 000 agricultores a participar na formação, a Nestlé oferece um preço superior ao praticado no mercado aos agricultores que produzirem colheitas seguras e de qualidade.

Neste momento a Companhia dispõe dos direitos legais de aquisição local de todos os grãos utilizados na produção de produtos à base de cereais da gama infantil e de família.

A novela protagonizada por elementos das comunidades agrícolas do oeste africano continua a ser transmitida, projetada de vila em vila, noite após noite, ajudando as comunidades a protegerem-se e a construírem uma vida melhor.