Nestlé Portugal cresce 4,7% em ano de forte inovação

Voltar14 Mar, 2017

- Inovação teve um peso de 20% no volume total de negócios.
- Investimentos de 15 milhões de euros.
- Exportações atingem os 82 milhões de euros

A Nestlé Portugal, S.A. registou no ano de 2016 um total de vendas de 480 milhões de euros e um crescimento orgânico (evolução das vendas excluindo as exportações para sociedades aliadas) de 4,7%. Num ano em que a atividade económica portuguesa acelerou, refletindo-se num maior dinamismo no consumo, a Nestlé Portugal intensificou a Inovação nas cerca de 90 marcas do seu portefólio, reforçando o seu contributo para a melhoria da qualidade de vida das famílias portuguesas, através da otimização nutricional de muitas das suas receitas. No total, a Inovação representou 20% do volume de vendas. No capítulo das exportações a Nestlé Portugal manteve o seu volume de negócios com o exterior nos 17% de cifra de negócios, registando um valor de 82 milhões de euros.

Os produtos exportados pela Nestlé Portugal tiveram como destino 37 países espalhados por todo o mundo, sendo que 72% das exportações se concentraram em 10 países: Angola, Cabo Verde, Espanha, França, Grécia, Itália, Roménia, Rússia, Suécia e Ucrânia. Por continentes, a Europa absorveu 63% do total exportado e África 18%. Por categorias de produto, os mais exportados foram farinhas lácteas, cafés, bebidas de cereais e cereais de pequeno-almoço e leites em pó.

No que respeita ao mercado nacional as vendas em solo português totalizaram 398 milhões de euros. Este resultado foi apoiado pelas marcas mais emblemáticas e também pelo já mencionado forte investimento em inovação, beneficiando de um maior dinamismo do consumo português. Os maiores crescimentos de vendas foram registados nos negócios de NESCAFÉ Dolce Gusto, Nespresso, Cafés Torrados, Lácteos & Cereais e Petfood. Um destaque especial para o bom momento de recuperação que se verificou nos negócios do canal Fora do Lar, em especial os Cafés Torrados, que beneficiaram diretamente do forte crescimento do sector do Turismo no nosso país.

Investimento contínuo em Portugal
Em 2016 a Nestlé investiu em Portugal 15 milhões de euros. Deste montante, 5,4 milhões de euros foram investidos na melhoria das três fábricas existentes no país. Nos últimos cinco anos a Nestlé investiu nas suas operações em território nacional um total de 80 milhões de euros.

Na fábrica de Avanca (multiproduto) realizaram-se um conjunto de investimentos no montante global de 4,3 milhões de euros repartidos por quatro áreas: Nutrição, Bebidas, Nestlé Professional e Cereais de Pequeno-Almoço. Fruto também deste investimento, a fábrica de Avanca passou ainda a produzir, em exclusivo para exportação para os países nórdicos, dois produtos das gamas de cereais infantis e de cereais para adulto. A fábrica de Avanca é responsável por uma produção anual de 34.000 toneladas, destinando-se uma parte significativa da sua produção (54%) à exportação.

Na fábrica do Porto (Cafés Torrados) o investimento realizado foi cerca de 708 mil euros, em equipamento destinado à introdução de aumentos de eficácia nas linhas de produção, segurança, ambiente e conforto dos colaboradores. A fábrica do Porto produz anualmente 12.000 toneladas de café, seus sucedâneos e açúcar, destinando cerca de 21% da sua produção à exportação.

Nos Açores, a fábrica de Lagoa (leite em pó) recebeu um investimento de cerca de 446 mil euros. A fábrica de Lagoa seca anualmente mais de 55 milhões de litros de leite, produzindo 7,6 toneladas de leite em pó e manteiga. Do total da sua produção, 34% é exportado para sociedades aliadas. A fábrica produz leite para máquinas automáticas e outros tipos de leite em pó para incorporação em farinhas lácteas (CERELAC) e chocolates.

Os restantes 9,5 milhões de euros foram investidos na introdução de melhorias na nossa rede do negócio de Fora do Lar, na nossa logística e no nosso parque informático.

Compras nacionais
Faz parte da politica Nestlé em qualquer zona do Globo adquirir, sempre que possível e na maior percentagem possível, matérias-primas, material de embalagem e serviços a fornecedores locais. Nesse sentido, em Portugal, a Nestlé concentrou nos seus fornecedores nacionais 71% das suas compras, num valor global de 120 milhões de euros. Por rubricas, comprámos a fornecedores portugueses 35% das matérias-primas, 91% do material de embalagem e 92% dos serviços necessários às nossas operações. Esta é também uma forma de criar e partilhar valor com as comunidades onde estamos inseridos e, simultaneamente, introduzir eficiências logísticas com ganhos ambientais para a nossa cadeia de valor.

Os negócios Nestlé Portugal
De uma forma geral o nosso portefólio de produtos registou uma valorização em todas as categorias, destacando-se em especial a relação nutrição/qualidade/preço. O elo comum a muitas das nossas marcas foi sem duvida a já destacada forte componente de inovação e renovação que tem sempre por objetivo ir ao encontro das necessidades nutricionais, dos gostos e da conveniência de consumo dos consumidores portugueses que tão bem conhecemos desde há 94 anos de presença em Portugal.

Cafés Torrados
O negócio de cafés torrados manteve a sua tendência de crescimento ao longo de todo o ano, com ganho de quota de mercado, graças a um sólido desenvolvimento das nossas quatro marcas portuguesas de cafés – BUONDI, SICAL, TOFA e CHRISTINA – nos canais HORECA e Vending. Estas marcas fabricadas erm Portugal, na nossa fábrica do Porto, refletem a qualidade, o serviço e a proximidade com os nossos clientes, sendo também responsáveis por uma importante fatia das exportações da Nestlé Portugal. Em 2016, destaca-se a parceria BUONDI com o Instituto de Socorros a Náufragos (ISN) e o carácter inovador da iniciativa BUONDI Wi-fi Hotspots, além da continuação da parceria com o surfista havaiano Garrett McNamara, que tem trazido excelentes resultados para a marca BUONDI. De salientar a fortíssima presença da marca SICAL nas festas de Lisboa acompanhando todos os eventos da cidade entre Junho e Setembro. Também as nossas marcas TOFA e CHRISTINA, estiveram em eventos relevantes como o Caixa Alfama e as Festas da Agonia, respetivamente.

Bebidas
Na gama de bebidas de cereais o destaque vai para a performance positiva da inovação MOKAMBO Intenso e PENSAL Aveia que permitiu às respetivas marcas gerar vendas incrementais. Destaque ainda para a renovação dos rótulos de MOKAMBO e PENSAL com um design mais moderno e com a inclusão da indicação “Sem Açúcares Adicionados”, um reforço do nosso contribuir para a melhoria da qualidade de vidas dos portugueses e das suas famílias. Em NESCAFÉ, o ano 2016 ficou também marcado pela performance positiva da inovação com um peso já importante neste segmento (NESCAFÉ Creme, NESCAFÉ Intenso, NESCAFÉ Gold 200g e Cappuccino Caramelo) e pelo ganho da nova receita de NESCAFÉ Clássico Duplo Filtro num estudo de preferência 60/40, através do qual comparamos os nossos produtos com os da concorrência. Nos achocolatados reforçámos a nossa posição de liderança fortemente alavancada por Inovação e comunicação. O lançamento de NESQUIK Menos Açúcares veio dar resposta a uma preocupação das mães relativamente ao teor de açúcares presentes nos alimentos, uma inovação demonstrativa da preocupação da empresa em oferecer aos portugueses e às suas familias opções alimentares saudáveis.

NESCAFÉ Dolce Gusto
NESCAFÉ Dolce Gusto reforçou a sua liderança na venda de máquinas o que potenciou um crescimento interno superior a 13% e que se refletiu igualmente na manutenção da liderança de mercado em cápsulas (em valor). Este resultado foi atingido com o aumento da penetração de máquinas nos lares portugueses e com o reforço da inovação que alavancou fortemente o consumo por máquina.

NESPRESSO
O reforço da acessibilidade tem sido uma prioridade da Nespresso, contando atualmente com 20 localizações de norte a sul do país. Com a abertura de uma nova Boutique no final do ano no Fórum Sintra, Nespresso passou a disponibilizar um total de 15 Boutiques exclusivas da marca. Paralelamente, fez a estreia mundial de um novo conceito de retalho – NKiosk – que se caracteriza por um design moderno e inovador e que conta com 3 localizações (LeiriaShopping, MarShopping e Alegro Alfragide), além de 2 Boutiques Pop Up (atualmente no Dolce Vita Tejo e Parque Nascente). O ano de 2016 ficou igualmente marcado pela constante inovação da marca, refletida no lançamento de um novo Grand Cru para a gama permanente – o Envivo – além de várias Edições Limitadas provenientes do Ruanda e do México (UMUTIMA wa Lake Kivu e TANIM de Chiapas), do Brasil (Cafezinho do Brasil) e três Variations (Variations Sachertorte, Variations Apfelstrudel e Variations Linzer Torte). De realçar também o lançamento da primeira máquina de café conectável com smartphones da Nespresso, a Prodigio, e da primeira máquina que permite personalizar o café, a Expert, já no final do ano. A 2ª Edição da iniciativa Nespresso Gourmet Weeks voltou a desafiar Chefes de topo, alguns dos quais com Estrela Michelin, a olharem para o café com outros olhos e a incorporá-lo nos seus menus, tendo esta edição envolvido mais chefes, mais restaurantes e mais zonas do país: Lisboa, Porto e Algarve. Ainda no segmento profissional, de destacar o lançamento de dois novos cafés especialmente criados para restaurantes de Alta Gastronomia: 'Exclusive Selection Nepal Lamjung' e “Exclusive Selection Kilimanjaro Peaberry”. Estes cafés estão apenas disponíveis nos restaurantes Estrela Michelin. Ainda em 2016, apresentámos em Portugal a estratégia de sustentabilidade da marca – The Positive Cup – com foco na origem do café, onde a Nespresso trabalha diretamente com os agricultores, garantindo assim o controlo de toda a cadeia de valor do café – desde a planta até à chávena. Realizou-se também o 1º Atelier Nespresso no mercado português, onde a marca proporcionou a parceiros, clientes e consumidores uma viagem ao mundo do café desde a origem até à chávena, e pelo anúncio público dos compromissos ao nível da sustentabilidade e da reciclagem até 2020.

Chocolates
A Nestlé reforçou a sua liderança em KIT KAT, continuando a surpreender os portugueses e mantendo-se como o chocolate preferido para momentos de impulso. A renovação da gama Extrafino no formato tabletes foi também um momento relevante, além do lançamento de duas novidades que alimentarão o futuro de Chocolates: Nestlé L’Attelier para o segmento premium e Dark 70% no segmento de chocolate preto. O sempre importante momento do Natal significou também um aumento da preferência dos consumidores pelas marcas Nestlé, tendo tido um dos maiores aumentos em comparação com o ano anterior.

Lácteos e cereais
Nesta categoria de consumo a Nestlé reforçou em 2016 a sua liderança no mercado com a marca NESTUM e inovou com o lançamento de NESTUM MIX, nas variedades de Chocolate e Mel: uma solução prática, nutritiva e saborosa para o pequeno-almoço de toda a família. É a nova forma de beber Cerais, uma vez que basta juntar ao leite para se obter uma bebida à base de Cereais e com o delicioso sabor a NESTUM. Com estes novos lançamentos e com a consolidação dos lançamentos de 2015 – NESTUM com Aveia e Caramelo e NESTUM com Aveia e Chocolate – contribuíram de forma positiva para o crescimento dos negócios e para um ganho de quota de mercado, ao mesmo tempo que reforçaram o compromisso de Nutrição, Saúde e Bem-Estar da Nestlé. Nos leites, o leite Condensado Nestlé teve uma evolução muito positiva em termos de vendas e de quota de mercado, conseguindo diferenciar-se no mercado através da renovação das embalagens, agora com 20 receitas diferentes e com uma comunicação mais consistente no canal Digital reforçando a sua expertise em sobremesas.

Culinários
A Nestlé continuou a apostar em segmentos diferenciadores e de valor acrescentado em culinários ambiente, com os produtos “Modern Cooking” e “Noodles”, lançamentos relevantes em ambos os segmentos, destacando-se MAGGI Suculento na Frigideira e Noodles MAGGI Yakisoba. Em culinários ultracongelados conseguímos consolidar o lançamento da gama BUITONI La Pizzeria que contribuiu de forma positiva para evolução do mercado e para a quota de mercado da Nestlé. Também a gama BUITONI Piccolinis manteve uma excelente performance, com impacto positivo nos resultados.

Cereais de pequeno-almoço
Em 2016 o negócio de Cereais de Pequeno-Almoço ficou marcado pela entrada no segmento dos Muesli & Granolas com o lançamento dos FITNESS Granola em Março e das Granolas CHOCAPIC & LION em Outubro. Foi também o ano da celebração dos 30 anos dos cereais CHOCAPIC, a marca número um em Portugal, que motivou iniciativas como a inovadora promoção “Pétala Dourada”. Destaque ainda para a performance de Barras de Cereais NESTLÉ que uma vez mais dinamizaram fortemente a categoria e conduziram ao reforço da liderança deste segmento por parte da Nestlé.

Nutrição Infantil
O negócio de Nutrição Infantil apresentou um crescimento superior ao do mercado, reforçando a posição de liderança e expertise da Nestlé na nutrição durante os primeiros 1000 dias de vida dos bebés. Esta performance resulta de uma excelência na execução, bem como da focalização nas marcas e segmentos prioritários. Em 2016 assistimos ao reforço da comunicação alavancada pelo programa “Começar Saudável, Viver Saudável”, fortalecendo uma relação cada vez mais próxima com os pais e com os profissionais de saúde. A inovação é um pilar fundamental na Nestlé e baseia-se num investimento contínuo na investigação e desenvolvimento de alimentos que respondam às recomendações pediátricas mais recentes, destacando-se a nossa tecnologia proteica única em leites infantis NAN OPTIPRO. O lançamento de CERELAC Multicereais com ferro e a dinamização das novas tendências de conveniência em alimentos Infantis, com quatro novas variedades de pacotinhos de fruta NATURNES, foram o destaque da inovação mais relevante e cujo crescimento alavancou os resultados do ano em que celebrámos os 150 anos da Nestlé, consolidando o nosso compromisso de melhorar a qualidade de vida de mães, pais e bebés nos primeiros 1.000 dias, alimentando gerações mais saudáveis.

Nutrição Clínica - Nestlé Health Science
O negócio de Nestlé Health Science tem como missão oferecer soluções nutricionais adaptadas a cada condição clínica. Em 2016 assistimos a um forte crescimento, a dois dígitos, incrementando igualmente a quota de mercado no canal farmácia. Focámo-nos especialmente na área de Consumer Care, representada pela marca MERITENE que apresentou a sua inovação aos profissionais de saúde, mas também de forma mais direta às pessoas que apresentam necessidades nutricionais especificas, em particular os défices nutricionais mais relevantes da população sénior. Os resultados refletem também a inovação na área da Disfagia, nomeadamente RESOURCE Espessante Clear e também duas variedades de cereais adaptados a adultos e fabricadas em Portugal, na Fábrica de Avanca.

Purina Petcare
Num mercado em contínuo crescimento, a Nestlé Purina reforçou a sua liderança, tendo como principais motores de crescimento a inovação, a ativação de marcas e os projetos de desenvolvimento da categoria com os nossos clientes. As marcas da Nestlé Purina pretendem ser, cada vez mais, as marcas da maior confiança no enriquecimento da vida dos animais de companhia e daqueles que os amam. Para reforçar o papel dos pets na sociedade portuguesa, a Nestlé Purina desenvolveu várias iniciativas, entre as quais a “Pets at Work”, que permite aos colaboradores da Nestlé Purina trazer os seus cães para o trabalho todos os dias. A par destas novidades, a Nestlé Purina teve em 2016 o lançamento de novas gamas em PROPLAN, FELIX, GOURMET, PURINA ONE e em Snacks Cão com DENTALIFE e ADVENTUROS. Por seu lado, a marca FRISKIES foi considerada pelo 14º ano consecutivo marca de confiança e a “Pets Welcome”, plataforma digital que informa sobre os locais que são amigos dos animais, ganhou o prémio SAPO de melhor iniciativa digital na categoria outros produtos de grande consumo.

Gelados
Neste negócio o destaque de 2016 vai para a criação da joint venture FRONERI, acordada entre a Nestlé e a R&R, empresa líder em gelados no Reino Unido. Esta joint venture tem vendas de cerca de CHF 2,7 mil milhões em mais de 20 países, emprega cerca de 15.000 pessoas. A Froneri ficará sediada no Reino Unido e vai operar na Europa, no Médio Oriente (excluindo Israel), Argentina, Austrália, Brasil, Filipinas e África do Sul. A nova empresa irá combinar os negócios de gelados da Nestlé e da R&R nos referidos países, o que incluirá os negócios de congelados da Nestlé Europa (excluindo pizza e produtos congelados de Itália), bem como o negócio Nestlé de produtos lácteos refrigerados nas Filipinas. Nesta categoria de consumo a Nestlé tem apostado no lançamento de produtos nutricionalmente equilibrados, com o compromisso de que todos os gelados da gama infantil tenham um máximo de 110kcal por unidade, mantendo uma forte focalização no canal HORECA.

Recursos Humanos
Em Portugal a Nestlé conta com 1818 colaboradores e aposta continuamente na sua formação, disponibilizando 0,1% da sua cifra de negócios para esse efeito. Em 2016 foram realizadas 53.024 horas de formação com 12.885 participantes, com um investimento de cerca de 398 mil euros. A Nestlé Portugal tem 100% dos seus colaboradores integrados num sistema de avaliação continua designado PDG (Progress and Development Guide).

Iniciativa Nestlé Emprego Jovem
O ano de 2016 marcou ainda o final do primeiro período da “Iniciativa Nestlé Emprego Jovem”, que decorreu no triénio de 2014-2016. Durante estes três anos a Nestlé comprometeu-se a criar, na Europa, 20.000 oportunidades de emprego para jovens até aos 30 anos de idade, das quais 500 oportunidades em Portugal, um desafio que foi largamente ultrapassado. Em Portugal, criámos nas nossas diversas estruturas nacionais 782 oportunidades de trabalho para jovens. Destas oportunidades, 328 foram estágios e 454 contratos de trabalho. Além das oportunidades de trabalho a Nestlé Portugal desenvolveu várias iniciativas com as universidades e com os seus gabinetes de apoio ao aluno finalista, com o objetivo de aproximar o mundo académico ao mundo empresarial e profissional. Nestes três anos de iniciativa foram realizados 113 eventos de contacto entre colaboradores da Nestlé Portugal (279) e os jovens estudantes que se preparam para entrar no mercado de trabalho. Iniciativas como CV Clinics, readiness to work, palestras sobre a empresa e open days.

Programa “Nestlé Crianças Saudáveis”
O ano de 2016 marca ainda a 18ª edição do programa “Nestlé Crianças Saudáveis”, que está presente nas escolas portuguesas a promover estilos de vida saudáveis junto da comunidade educativa. Esta iniciativa da Nestlé Portugal é desenvolvida em parceria com a Direcção-Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular do Ministério da Educação e atingiu no ano passado mais de 340 mil alunos do pré-escolar, 1º e 2º ciclos do ensino básico. Pela primeira vez, o programa Nestlé Crianças Saudáveis comemorou o International Chefs Day em parceria com a Associação dos Cozinheiros Profissionais de com uma divertida aula de culinária. Sob a temática “Arte no prato”, verdadeiras obras de arte tomaram forma nos pratos, de alunos do pré-escolar e ensino básico, tendo como matéria-prima ingredientes coloridos e muito saudáveis. O programa “Nestlé Crianças Saudáveis” tem como objectivos sensibilizar para a importância da alimentação e da actividade física na saúde e para a promoção de estilos de vida saudáveis junto da população escolar. O programa apoia ainda os professores na preparação de actividades curriculares sobre alimentação saudável. Nos seus 18 anos de existência, o programa “Nestlé Crianças Saudáveis” já chegou a mais de três milhões de alunos, impactando também as suas famílias.

Portefólio Nestlé Portugal, SA
A Nestlé Portugal, SA está presente em 13 categorias de produto: Nutrição Infantil; Nutrição Clínica; Refeições Pré-Preparadas, Bases Culinárias, Lácteos e Cereais; Cafés Torrados; Bebidas; Chocolates; Produtos direccionados à restauração; Gelados; Cereais de Pequeno-Almoço e Barras de Cereais e Pet Care. Com excepção de culinários, gelados e chocolates (onde é líder apenas em volume) a Nestlé é líder em todas as restantes categorias.

(1) Estes dados refletem a actividade comercial conjunta da Nestlé Portugal, SA, da Prolacto- Lacticínios de S.Miguel, S.A. e da Cereal Associados Portugal, AEIE (50%).