Nespresso lança os cafés mais intensos de sempre

Voltar

Lisboa

,
5 Set, 2013

Os novos Grands Crus Kazaar e Dharkan elevam o café Nespresso a um novo nível de intensidade que transcende todos os níveis já alcançados no plano sensorial.

Envoltos em toda a inovação Nespresso, os coffee specialists foram capazes de ultrapassar os limites da escala de intensidade Nespresso (escala de 1 a 10) com os exóticos e inesperados Kazaar e Dharkan. Estas duas experiências distintas de café intenso são capazes de levar os amantes do café Nespresso a um novo patamar de experiências sensoriais nunca antes exploradas.

Kazaar é um autêntico e poderoso Grand Cru, com uma intensidade extremamente forte, com o nível 12 na escala de intensidade da Nespresso. Foi primeiramente lançado a pedido dos Club Members Nespresso em 2010, como Grand Cru Limited Edition e reviveu novamente em 2012, também numa edição limitada. Extremamente popular entre os Club Members Nespresso, Kazaar passará agora a fazer parte da Gama Permanente de Grands Crus Nespresso e será acompanhado por Dharkan, uma adição sofisticada e elegante para a gama de cafés intensos da Nespresso. O Grand Cru Dharkan é, ao mesmo tempo, sedutor e complexo, com uma intensidade subtil, que quebra igualmente a escala Nespresso existente, ao ter intensidade de 11.

Kazaar (12) e Dharkan (11) vêm reforçar a variedade permanente de cafés intensos Nespresso juntando-se a Ristretto (intensidade 10), Arpeggio (intensidade 9) e ao Roma (intensidade 8).

Kazaar deriva de uma mistura audaciosa de dois Robustas do Brasil e da Guatemala especialmente preparados para a Nespresso e de um Arábica da América do Sul, torrados separadamente. Para chegar à intensidade rica de Kazaar, os coffee specialists da Nespresso incluíram uma Robusta „Conillon‟ de grande qualidade, proveniente do Brasil, nunca antes utilizada num Grand Cru e, neste caso, tratada como uma variedade Arábica.

De forma a aproveitar todo o potencial de cada origem, a Nespresso escolheu a técnica de torrefação “split-roasting”, uma torrefação intensa que permite destacaro caráter e corpo dos Robustas e uma torrefação prolongada dos Arábicas, favorecendo as notas mais finas e uma doçura natural. Sendo um café intenso, Kazaar diferencia-se por conter um elevado teor de Robusta, sem a aspereza que normalmente acompanha os cafés intensos ou os cafés ricos em Robusta.

Para revelar em pleno todas as suas características, Kazaar deve ser servido como um ristretto (25 ml), mas pode ser igualmente apreciado como um espresso (40 ml), para um café mais suave.

Dharkan é mais aveludado, graças a uma torrefação prolongada e a baixas temperaturas de uma mistura de Arábicas da América Latina e Ásia. Esta técnica de torrefação assegura que o calor se difunde até ao coração de cada grão de café, revelando intensamente o seu caráter, notas torradas assim como um agradável e persistente amargor final. O tempo de torrefação de Dharkan é muito longo, sendo o dobro do tempo de torrefação comum.

O grande desafio consistia em obter um café com uma intensidade elevada, mas composto 100% por Arábicas puros lavados, sem robusta.

A personalidade sensual de Dharkan revela notas torradas intensificadas em conjunto com notas de cacau em pó amargo e cereais tostados que se expressam numa textura sedosa e suave. Na chávena cria um equilíbrio subtil e um amargor agradável que permanece na boca.

Ao apresentar os Grands Crus Kazaar e Dharkan, os seus cafés mais intensos alguma vez lançados, a Nespresso prova uma vez mais a sua capacidade de criar experiências únicas e incomparáveis para todos os conhecedores e apreciadores de café em todo o mundo.