Estudo da Nestlé comprova o benefício do potássio para a saúde do coração

8 Jul, 2015

Um estudo liderado pela Nestlé sugere que o aumento do consumo de potássio de acordo com os níveis recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS), de pelo menos 3,51 gramas por dia, pode ajudar a reduzir a pressão arterial em indivíduos que não tomam medicação para a hipertensão, podendo ainda ser um benefício a nível de custos, retardando ou mitigando o problema.

Neste novo estudo, publicado no Journal of Hypertension, os investigadores do Nestlé Research Center (NRC), em Lausanne, na Suíça, examinaram 15 estudos já existentes sobre o efeito do potássio em indivíduos com pressão arterial normal ou elevada que não tomavam medicação para essa condição.

Os investigadores acreditam que este estudo é o primeiro que apresenta de forma credível o benefício do consumo de potássio em indivíduos com hipertensão arterial que não são medicados para tal, tendo o benefício sido igualmente verificado em indivíduos com pressão arterial elevada que diminuíram o consumo de sódio (sal). O aumento dos níveis de potássio pode ser realizado através do aumento do consumo de frutas, vegetais e frutos secos (amêndoas, amendoins, nozes, avelãs, pinhão, pistácio, etc.), bem como de alimentos fortificados com esse mineral.