Nestlé distinguida pelas práticas de Segurança, Saúde e Bem-estar

23 Nov, 2015
A Nestlé Portugal foi distinguida com o primeiro lugar no Healthy Workplaces Award 2015, na categoria de grandes empresas, uma iniciativa da Ordem dos Psicólogos Portugueses que a elegeu pelos programas de Segurança, Saúde e Bem-estar no local de trabalho.

A escolha da Nestlé deve-se às múltiplas iniciativas implementadas na área da Segurança, Saúde e Bem-estar, muitas das quais inéditas, de que são exemplos os programas de Liderança em Segurança e Saúde, as práticas de feedback de Segurança que promovem uma comunicação aberta entre todos os Colaboradores, o programa de prevenção rodoviária Virtual Risk Manager associado às práticas de coaching, o programa WellNes in Action com o objetivo de incentivar estilos de vida saudável, a metodologia utilizada para avaliação e desenvolvimento do clima organizacional “Nestlé&Eu” e o programa estratégico para uma abordagem holística e integradora da segurança, saúde e bem-estar designado por Learn-Feel-Choose.

“A Nestlé baseia todas as suas atividades em princípios. Os Princípios Corporativos Empresariais são a base de tudo o que fazemos. Por isso ambicionamos que todas as nossas pessoas vivam de forma segura e saudável. Para que esta ambição seja uma realidade promovemos programas e iniciativas que envolvam todos os níveis da organização. Acreditamos que a comunicação aberta e uma cultura participativa são chave para que a Segurança, a Saúde e o Bem-estar sejam vividos como um valor por toda a organização. Este reconhecimento, que muito nos orgulha, enche-nos de motivação para continuar o nosso caminho”, explica Grégoire Scilipoti, Diretor de Recursos Humanos da Nestlé Portugal, concluindo que este prémio vem reconhecer as práticas implementadas e é fruto do envolvimento diário de cada Colaborador a todos os níveis da Companhia.

Representados em Portugal pela Ordem dos Psicólogos Portugueses, os Prémios Healthy Workaplaces - Locais de Trabalho Saudáveis 2015 nascem de uma parceria com a Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho (EU-OSHA) e a Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), sendo realizados com o apoio de variadas organizações portuguesas, como a Direção Geral de Saúde (DGS), o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), a Associação Empresarial de Portugal (AEP) e a Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP).