Nestlé Crianças Saudáveis: a ajudar a criar hábitos de vida saudáveis

13 Mar, 2015
Assuntos como subnutrição e obesidade afetam milhões de pessoas por todo o mundo e regularmente resultam da falta de conhecimento sobre dietas e estilos de vida saudáveis. Como a Nestlé acredita que uma boa dieta e estilos de vida saudáveis devem de ser introduzidos desde cedo na vida das pessoas, lançou o programa Nestlé Crianças Saudáveis em 2009 (em Portugal o programa de educação alimentar nas escolas existe desde 1999 e era designado por “Apetece-me”) que ajuda a educar crianças em idade escolar sobre os temas da saúde, da nutrição e do bem-estar.

O programa, desenvolvido em conjunto com vários stakeholders, é personalizado para cada país como forma de ir ao encontro dos desafios nutricionais específicos de cada local. O programa Nestlé Crianças Saudáveis alcançou 7.6 milhões de pessoas em 2014 ao longo de 73 países em África, Ásia, Europa, Oceânia, Médio Oriente e América. Neste momento trabalha com aproximadamente 300 parceiros, entre eles governos locais, autoridades, universidades de topo, instituições científicas e associações para a nutrição infantil.

Conheça a forma como o Programa Nestlé Crianças Saudáveis está a fazer a diferença pelo mundo.

Líbano – Aulas sobre alimentação no plano curricular das escolas
A obesidade infantil no Líbano duplicou na última década. O programa Nestlé Crianças Saudáveis integrou o plano curricular nas escolas públicas do país como forma a educar os estudantes para uma alimentação saudável e prática de atividade física. Um estudo de 2014 realizado pela Universidade Americana de Beirut, fundada através do Fundo de Pesquisa do Nestlé Crianças Saudáveis, mostrou dietas melhoradas, hábitos de alimentação mais saudáveis e um aumento no conhecimento nutricional entre as crianças que participaram no programa da Nestlé.

Nigéria – aulas de jardinagem nas escolas para ensinar as crianças sobre o cultivo de vegetais
Vários nigerianos sofrem de obesidade e subnutrição. Em 2010 cerca de 40% das crianças com idade inferior a 5 anos sofriam de deficiência de micronutrientes. O Programa Nestlé Crianças Saudáveis construiu hortas nas escolas primárias para ensinar as crianças sobre o cultivo de vegetais e como alimentarem-se de uma forma mais saudável. O programa encoraja as crianças a comerem mais frutos e mais vegetais.

Rússia – Ajudar as famílias a adotar bons hábitos de nutrição
Como forma de contrariar a falta de conhecimento existente na Rússia sobre nutrição entre os estudantes e seus pais, a Nestlé desenvolveu um programa “Good Nutrition” de forma a ajudar as famílias a adotarem bons hábitos de nutrição, como o consumo regular de frutas e de vegetais. O programa ensina famílias carenciadas sobre como comprar e cozinhar comida Russa saudável com um orçamento reduzido.

Austrália – promover um estilo de vida ativo
Para combater com a obesidade infantil e promover hábitos saudáveis e atividade física, o programa Australian Healthy Kids centra-se na paixão principal do país, o desporto. O programa encoraja as crianças a tornarem-se ativas através do divertimento, programas de atividade física sem competição desenvolvidos pela IAAF (International Association of Athletics Federations) e o Instituto Australiano para o Desporto.

Brasil – providenciar as crianças guias individuais de nutrição
Obesidade nos mais jovens é um problema crescente no Brasil, quase 35% de crianças do ano de 2008-2009 têm peso a mais. O programa da Nestlé no Brazil “Nutrir” consiste na educação das crianças sobre nutrição nas escolas em colaboração com ONG de forma a avaliar o estado nutricional. Aquelas que estão em risco, juntamente com os seus pais, são aconselhados, através de acompanhamento nutricional personalizado e planos para refeições individualizados.

Malásia – formação dos refeitórios escolares para refeições saudáveis
A Malásia enfrenta um duplo fardo na área da nutrição – tanto obesidade como subnutrição – entre as crianças. Para além de educar as crianças para alimentações saudáveis e estilos de vida ativos, o Programa Nestlé Crianças Saudáveis na Malásia treina as entidades que cozinham e os responsáveis pelos refeitórios escolares, para a preparação de refeições nutricionalmente corretas. A formação abrange tópicos como nutrição básica, receitas de refeições saudáveis e de rápida preparação, saúde e higiene alimentar.

Filipinas – ajudar as crianças a compreender os rótulos nutricionais nas embalagens
A problemática de subnutrição nas Filipinas tem estado presente há mais de duas décadas. Mais de 30% das crianças entre os seis e os dez anos de idade têm falta de peso. O Programa Nestlé Crianças Saudáveis está a ajudá-las a compreender os rótulos nutricionais das embalagens como forma a estarem informados sobre as escolhas de alimentos que fazem aquando as suas compras.